O desenvolvimento do projeto do SITE “Açorianos no Mundo” surge no seguimento da publicação do Decreto Legislativo Regional n.º 18/2019/A , de 5 de agosto, que cria o Conselho da Diáspora Açoriana (CDA), e que institui, na sua alínea d) do n.º 1 do artigo 4.º, que o CDA será constituído, para além de outros membros, pelos “conselheiros representantes das diversas áreas geográficas da diáspora açoriana.

Estes conselheiros serão responsáveis por representar e defender os interesses das suas comunidades junto do Governo da Região Autónoma dos Açores.

Assim, esta plataforma online tem como objetivo a aproximação de todos os açorianos residentes fora do arquipélago dos Açores, envolvendo-os no processo democrático de participação e no exercício de uma cidadania ativa, aquando da tomada de decisão na eleição dos representantes das comunidades, de acordo com a área geográfica onde residem.

O site vai permitir a inscrição de todos os açorianos residentes fora do arquipélago dos Açores, com a possibilidade de estes se candidatarem a conselheiros, votarem e elegerem os conselheiros da sua área geográfica de residência.

No total, neste processo eleitoral, que será, posteriormente, regulamentado por portaria do Governo dos Açores, serão eleitos dezanove Conselheiros da Diáspora Açoriana, por um mandato de 4 anos.

Os conselheiros a eleger pelos açorianos da diáspora estão distribuídos por áreas geográficas onde a presença açoriana é mais expressiva: um representante da Bermuda, cinco dos Estados Unidos, cinco do Canadá, cinco do Brasil, um do Uruguai, um do território nacional, fora da Região Autónoma dos Açores, e outro do resto do mundo.

O projeto “Açorianos no Mundo” será desenvolvido por etapas, com a respetiva notificação, dos inscritos no site, dos vários momentos.